... ...

Quinoa um superalimento para corredores

Hoje em dia quem quer evoluir como atleta, tem que ter bastantes cuidados com a alimentação. E uma boa alimentação passa por incluir sementes, os super alimentos como já lhes chamam! Neste artigo vamos analisar uma dessas semente, a Quinoa. Vamos lhe dar a conhecer as suas propriedades, e os benefícios que esta semente lhe pode trazer, em termos nutricionais.

Houve um antes e um depois com o “boom nutricional” experimentado pela Quinoa, um antigo superalimento, cujas propriedades já beneficiaram os Incas. Mas cujos benefícios para a saúde e nutrição do atleta, foram “explorados” até relativamente pouco tempo!

Quais as características nutricionais da Quinoa?

Vamos começar pelo princípio, e para isso devemos voltar ao estágio da civilização Inca. Em que a quinua ou Quinoa era considerada o “grão mãe”, ou “grão sagrado” pelo seu grande valor nutritivo. E agora sabemos porquê:

  • Não é um cereal, é a semente da planta Chenopodium quinoa, da família do espinafre e da acelga.
  • Não contém glúten e é um alimento adequado para celíacos.
  • Tem um alto valor proteico (16,5 g de proteína por 100 g) e contém todos os aminoácidos essenciais.
  • É rico em fibras, vitaminas C, E e B, e minerais como cálcio (160 mg / 100g), fósforo (383 mg / 100 g), magnésio (249.6 mg / 100 g), potássio (926mg / 100 g), ferro (19 mg / 100 g)
  • A Quinoa real cresce em condições extremas, podem resistir a temperaturas abaixo de zero a 38 ° C, climas húmidos ou áridos, solos ricos ou pobres, desenvolveu-se a mais de 3000 metros acima do nível do mar.
  • A partir da Quinoa pode-se obter farinha para sobremesas, béchamel, papilas, massas italianas, etc. A “chicha”, típica bebida alcoólica andina, é feita a partir da fermentação dos grãos.
  • O grão deve ser lavado primeiro e cozido como o arroz, com o dobro de água.
  • Cozido em água fervente é feito em 12-15 minutos. Pode-se também torrar o grão, lavado, numa panela para cozinhá-lo como se fosse paella.
  • Tem um sabor de noz, muito fácil de combinar. Pode ser branca, vermelha ou preta.
  • Quinoa é considerado um tônico, anti-inflamatório, cura, limpeza do fígado e ajuda a eliminar infecções do trato urinário.

De todas as características descritas em cima, talvez a mais impressionante seja a quantidade de proteína. Que é o dobro de qualquer cereal, próximo do valor percentual recomendado para as proteínas da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) para a nutrição humana.

O outro grande trunfo a favor, e para o qual muitos atletas se renderam, é por causa de seu baixo teor de gordura. E, em vez disso, fornece carboidratos, fibras, vitaminas E, B , folatos e minerais como fósforo, magnésio, manganês e ferro. Os vegetarianos, já descobriram a Quinoa há muito tempo como uma boa fonte de proteína vegetal, que, segundo eles, fornece todos os aminoácidos essenciais.

Como pode ser cozinhada a Quinoa?

Depois de ler todas as características , você provavelmente considerará esse alimento uma espécie de “semente mágica”, que precisa de tratamento especial na cozinha. Nada poderia estar mais longe da verdade! A verdade é que existem infinitas opções para prepará-la, a única coisa que deve ter em mente é que, tem que lavar bem os grãos antes de os cozinhar. Para eliminar uma resina ou saponina, que as cobre e que pode causar problemas digestivos.

Curiosamente, esta substância faz espuma com a água, razão pela qual em algumas regiões andinas, usam-na para fazer um sabão natural e ecológico. Uma vez que esta armadilha tenha sido superada, deve ferver duas vezes a quantidade de água que deseja preparar por 15 ou 20 minutos (até que a semente abra), e fique pronta para usar!

A propósito, fica uma dica para os “atletas gourmet”, nós recomendamos, para explorar o seu sabor natural de nozes, que depois de ferver, as salteie numa sertã sem colocar nada na sertã, só mesmo as sementes no calor. De modo a que “separe” aquele aroma natural. Em suma, é uma semente “sagrada”, mas queremos que você perca o “respeito” na cozinha, e aprenda a cozinha-la de várias formas, para desfrutar de todos os seus benefícios.

O nosso conselho é que, experimente e varie para apresentá-la em saladas com legumes e frutas frescas, como a salada de Quinoa, espinafre, uva e nozes. Em outro dia pode prepara-la de forma diferente, junto com arroz integral e nozes para criar um prato muito nutritivo, que deixa o arroz clássico de uma vida. E para aqueles que estão à procura de inovação culinária, também sugerimos uma versão doce da semente em forma de sorvete, com romã. Deixamos as propostas para vocês … cabe a vocês experimentar e inovar!

Se souber alguma forma diferente de preparar a Quinoa, ou mesmo receitas com esta semente fabulosa, deixe nos cometários deste artigo, para os nossos leitores terem mais ideias de como as preparar.

Fonte: sportlife.es

loading...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: