... ...

Quais os 3 grupos Musculares mais Importantes que os Corredores devem Fortalecer

Hoje em dia o fortalecimento muscular é um dos fatores mais importantes a trabalhar para se ter um melhor rendimento desportivo. Todo o atleta sabe que fortalecendo os músculos é meio caminho andado para ter sucesso como atleta.

Corridas-longas

Mas o que poucos sabem é quais os principais grupos musculares a serem fortalecidos, e qual a sua importância na corrida. Para correr longas distâncias como a meia ou a maratona bem como distâncias mais curtas, é preciso ter músculos bem fortalecidos para suportar a exigência e o impacto do esforço de longa duração. Bem como manter o ritmo de passada e manter a postura adequada para a corrida.

Muitos corredores casuais não têm bem a noção da real importância de ter músculos fortes, e não fortalecem alguns grupos musculares bastantes importantes para a corrida. Por isso mesmo neste artigo irei lhe mostrar três das zonas mais importantes e grupos musculares que deve fortalecer, para melhorar o seu desempenho na corrida.

Quais os 3 principais grupos musculares a serem fortalecidos?

Como referi em cima há grupos musculares que se deve dar especial atenção na hora de planear o treino de reforço muscular que são os:

Isquiotibiais ou posteriores da coxa

Os músculos Isquiotibiais são os músculos que revestem a parte de trás das coxas, e são compostos por três grupos musculares sendo eles o semimembranoso, semitendinoso e bícep femoral. Os três grupos musculares que formam os Isquiotibiais têm origem na pélvis terminam nos ossos dos gémeos (tíbia e perónio). Por serem bastante longos atravessam articulações chave do organismo, as ancas e os joelhos que são duas das zonas mais importantes para os corredores.

Os Isquiotibiais têm com função como já referi anteriormente ligar a zona da anca aos joelhos, logo têm uma função determinante na forma como você se move e na sua função biomecânica. Ou seja influencia a técnica de corrida bem como toda a resistência muscular à fadiga. Por isso é que é determinante fortalecer estes músculos.

Músculos da anca

Os músculos da anca têm como função básica manter a anca estável, alinhada bem como manter as 4 funções básica na corrida:

  • Flexão
  • Extensão
  • Abdução (perna afastada do corpo)
  • Adução (trazer a perna para o corpo)

Neste grupo muscular, existem mais de 17 músculos, os principais glúteos (alto, médio e baixo), piriforme, iliopsoas (grupo muscular, que inclui o psoas e ilíaca). Estes músculos são fundamentais para ajudar a manter um padrão de movimento de corrida estável, e também servir de bom suporte para os músculos Isquiotibiais. Por este motivo é fundamental que reforce os músculos da anca.

Músculos dos pés

Estes são por ventura os grupos musculares a que os corredores não dão tão importância, mas que são tão ou mais importantes que os grupos que referi anteriormente. Se pensar bem os pés são a base que suporta todo o peso corporal, e são os primeiros músculos a sofrerem as agressões do impacto que o solo tem nos músculos, tendões e articulações. Dependendo da sua origem ou ao lado de inserção, os músculos do pé são chamados intrínsecos e extrínsecos.

Músculos extrínsecos são aqueles que se originam na perna e são responsáveis pelo movimento do tornozelo e do pé. Embora estejam localizados na perna exercem tração na parte óssea do tornozelo inserções pé, permitem fazer os movimentos que se denominam flexão dorsal, flexão plantar, inversão e eversão do pé. Pode ler um artigo mais detalhado sobre estes movimentos, já publicado aqui no blogue.

Por estes motivos é que é necessário fortalecer os músculos dos pés para prevenir lesões como a fascite plantar, e melhorar também a sua passada e técnica de corrida.

Fonte:21.42 runners

loading...

Deixar uma resposta