... ...

11 Dicas para os Corredores Masters tirarem melhor partido da corrida!

Uma grande quantidade de documentação e estudos comprovam, que correr regularmente em idades mais avançadas traz muito mais benefícios para o corpo do que riscos, particularmente porque a realidade da degeneração é inevitável. A corrida pode atrasar e reduzir muitos dos impactos do envelhecimento em uma medida exponencial. Um estudo da Universidade de Stanford apoia essas conclusões. Os corredores Masters que sofreram doenças cardíacas, diabetes, hipertensão arterial, alguns tipos de cancro e doenças neurológicas tiveram essas doenças em média 16 anos depois do que os não corredores.

Nesta idade os corredores Masters têm melhor mobilidade, coordenação, controle de peso, densidade óssea, força muscular e uma sensação geral de bem-estar. Mas como é óbvio nem tudo é um mar de rosas, nesta idade é preciso ter cuidados redobrados com o organismo. Apesar de se ter bastantes benefícios em correr, o organismo já não aguenta as “as tareias” como se tivesse 20 ou 30 anos como é óbvio. Por isso mesmo de seguida vou-lhe deixar algumas dicas para continuar a desfrutar do prazer de correr ao máximo.

Dicas para o organismo

1 – Tenha cuidado na hora de comprar umas sapatilhas novas de corrida, os idosos mais “fit” tendem a ter menor gordura corporal. Logo uma das características que a maioria tem, é ter o preenchimento reduzido no fundo dos pés. Na hora de comprar não hesite em experimentar as sapatilhas na loja, ande mesmo alguns metros para ver se se sente confortável.

2 – Ter a roupa de treino adequada é fundamental para qualquer corredor, para os corredores com mais idade isto torna-se ainda mais fundamental. Com o passar dos anos o corpo tende a ficar muito mais flácido, logo ter a roupa com o ajuste adequado é muito importante tanto para homens como para mulheres. Não sentir a flacidez durante a corrida faz toda a diferença.

Dicas para melhorar a performance

3 – Fazer exercícios de alongamentos dinâmicos antes e depois de cada treino é fundamental. Nos corredores mais novos também é importante, mas nos corredores Masters torna-se ainda mais importante. Como se costuma dizer “a idade não perdoa”, e com o passar dos anos os músculos perdem elasticidade e ficam mais rígidos. Alongar antes e depois do exercício promove a elasticidade dos músculos, fazendo com que estes não “endureçam” tão facilmente.

4 – Nesta idade mais avançada é ainda mais importante saber ouvir o organismo, não corra com dores ou mau estar. As lesões por vezes já não são fáceis de curar quando somos novos, nesta idade que o organismo demora ainda mais para se regenerar, não seja inconsciente.

5 – Planeie bem os dias de descanso e recuperação, nos dias de descanso descanse mesmo e não faça mesmo nada em casa. As tarefas mais cansativas tente fazê-las em outro dia, dormir bem é ainda mais fundamental em atletas com mais idade. Como referi em cima o organismo leva mais tempo para se regenerar.

6 – Varie o treino. Este ponto é aconselhado para os corredores de todas as idades, mas em idades avançadas é ainda mais importante. A corrida provoca grande desgaste nos ossos e tendões, devido à agressividade do piso que se corre e ás passadas pesadas na corrida. Faça outros desportos tais como ioga, natação, ciclismo e caminhadas. Desta forma está a manter a forma e a poupar os ossos e tendões.

7 – Nesta idade dê mais prioridade em termos de treino, aos treinos aeróbios e faça menos treinos de velocidade. Com o passar dos anos a nossa capacidade aeróbia tende a baixar significativamente. Mas não deixe como é óbvio de fazer treinos de velocidade e reforço muscular, que também são importantes.

Dicas para a mente

8 – Tente aproveite ao máximo cada corrida, por norma os corredores seniores quando correm é mais pelo prazer que sentem em fazer exercício e pela companhia. E não tanto com o objetivo de melhorar tempos ou ganhar o que quer que seja.

9 – Junte-se a um clube de corrida para tirar ainda mais partido da interação social que a corrida tem.

10 – Planeie um treino ou corrida em família, desta forma está a mostrar a sua família que ainda “está para as curvas” e também a motiva-los para correr.

11 – Tente variar o local de treino, e escolha diferentes provas para participar. Desta forma está a ver coisas diferentes, ter novas sensações e não cai em monotonia.

Independentemente da razão pela qual você corre, nunca deixe de o fazer. Os corredores Masters só têm benefícios em correr ou fazer trail running.

loading...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: