... ...

4 Sinais que podem levar a problemas Cardíacos durante a corrida

É sabido que a pratica desportiva faz bem à saúde e a corrida como é óbvio também, contudo não pense que só porque corre e acha que é saudável está blindado contra alguns problemas de saúde. Infelizmente já são muitos os relatos de atletas que têm problemas cardíacos durante os treinos e competições, apesar dos exames médicos não revelarem problemas cardíacos não está livre destes se manifestarem.

Certos desconfortos durante a corrida não devem ser minimizados, desprezados ou considerados normais. Esteja atento aos sinais de desconforto que de seguida lhe irei mostrar. Caso sinta algum deles durante a corrida, fale de imediato com um médico para este lhe fazer os exames específicos e lhe fazer um correto diagnóstico!

4 Sinais que podem levar a problemas cardíacos durante a corrida

1 – Dor no peito

Ter uma dor no peito é um dos sintomas que deve ter em atenção caso aumente durante a corrida, a dor torácica pode também ter origem muscular. Os problemas cardíacos graves têm como um dos principais sintomas este desconforto, logo dê-lhe a importância devida e fale com o seu médico!

2 – Síncope

Este sintoma também é conhecido como desmaio, é uma perda de consciência transitória. É um sintoma que aparece subitamente, tem curta duração e recuperação espontânea. Qualquer atleta que tiver um desmaio, ou tiver a sensação de “apagar” durante a corrida deve interromper rapidamente o treino ou competição. Deve de imediato falar com o seu médico! Por norma os desmaios acontecem em pessoas que estão muito tempo de pé, quando está muito calor e estão desidratadas ou estão sob grande stresse. Porem algumas doenças cardíacas podem causar desmaios e paragens cardiorrespiratórias.

3 – Palpitações

Podem ocorrer devido a alguns tipos de arritmias, pode piorar devido ao stresse e ansiedade. Não há recomendações especiais relativamente a este sintoma em relação à pratica da corrida. Mas é considerado um sinal de alerta pois talvez seja a única manifestação de doenças cardíacas graves que aumentam o risco de morte súbita.

 

4 – Falta de ar

Este é um sintoma que é o mais ignorado pelos corredores, pois por norma associam a falta de ar à falta de forma, às condições climatéricas desfavoráveis ou à intensidade do treino. Normalmente quando a falta de ar é desproporcional ao esforço despendido, começam a aparecer dores no peito, febre, inchaço nas pernas ou palpitações. Segundo o cardiologista do Hospital Israelita Albert Einstein, são possíveis causas de falta de ar: asma, doença pulmonar obstrutiva crônica, cardiomiopatia hipertrófica, cardiomiopatia dilatada, angina, infarte, arritmias entre outros. Por isso mesmo tenha cuidado com a falta de ar!

Esteja atento a estes sintomas para evitar ter problemas cardíacos graves!

Fonte: suacorrida.com.br

loading...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: