Início Dietas O que é a Dieta Nórdica e em que é que consiste

O que é a Dieta Nórdica e em que é que consiste

70
0
COMPARTILHE

O estilo de vida saudável está na moda e ainda bem. É que a boa saúde e a boa forma não são dados adquiridos: conquistam-se através de hábitos saudáveis, de uma alimentação variada e de exercício físico regular. Estes podem ser aqueles três elementos que toda a gente diz ser necessário para conseguir uma boa forma. Apesar de parecer cliché, esta é a verdade, por isso o caminho certo é este. Comece por mudar o seu tipo de dieta e adotar uma alimentação diferente daquela seguida em Portugal: já ouviu falar na Dieta Nórdica?

O que é a Dieta Nórdica e em que é que consiste?

Esta é uma dieta seguida por dinamarqueses, noruegueses e suecos e acaba por ser uma dieta mediterrânica adaptada a estes povos do norte da Europa. Enquanto a dieta utilizada pelos habitantes no sul europeu é baseada nos óleos vegetais, como o azeite, no peixe, nos vegetais e na fruta, a dieta nórdica consiste no consumo de gorduras naturais, de frutas vermelhas e vegetais, de peixes gordos e de alimento integrais. A carne vermelha também faz parte do menu das pessoas que seguem esta dieta, apesar do seu consumo ser cada vez mais desaconselhado. As diferenças entre estas duas dietas não são grandes: isto porque a dieta nórdica é inspirada na mediterrânica. Foi criada por um grupo de cientistas em 2004, que sentiram que as taxas de obesidade e de mortalidade estavam a crescer neste país. Por isso, foi também preciso retirar deste tipo de alimentação, os açúcares, os refrigerantes, as conservas e os alimentos com corantes.

Ao retirar estes alimentos da sua cozinha vai remover grande parte das gorduras saturadas e dos alimentos processados pouco benéficos para a sua saúde e linha. Ao invés, apresentamos aqui a lista de alimentos que não podem faltar na sua despensa: carnes brancas como o frango e o peru, mas também vermelhas como o porco, borrego, cabrito e peixes brancos, como o bacalhau ou gordos, ricos em ómega 3, como é o caso do salmão, o arenque e a sarda. Estes são os chamados peixes de águas frias, ideais para baixar o colesterol e com enormes benefícios para prevenir o diabetes. Quanto aos cereais, a dieta nórdica propõe a substituição do trigo por cereais como a aveia, a cevada e o centeio, que contêm mais fibras, ajudando no trânsito intestinal e na perda de peso.

As frutas e os vegetais não podem faltar numa mudança para hábitos de alimentação mais saudáveis. Entre os vegetais que não devem faltar estão os brócolos, os espinafres, a couve, o nabo e a cenoura. Os vegetais de raiz são consumidos pelos nórdicos e por uma boa razão: são hidratos de carbono saudáveis para o nosso organismo. As frutas também fazem parte desta dieta: laranjas, maçãs, peras mas também frutos vermelhos, como o arando, o mirtilo e a framboesa. As frutas vermelhas têm antioxidantes, prevenindo o cancro, o envelhecimento e doenças degenerativas e são cada vez mais fáceis de encontrar nos supermercados de rua.

Os hábitos alimentares nórdicos são um exemplo para quem queira conseguir uma saúde melhor, uma forma física melhor e o bem-estar que todos precisam

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here