... ...

Quais as Vantagens de Fazer Treinos de Fartlek

 Já todos devem ter ouvido falar neste método de treino,ou se calhar é mesmo uma novidade, mas o que realmente é o fartlek em em que nos pode ser útil?

Comecemos pelo significado da palavra, pois como já deve ter percebido é um estrangeirismo. A palavra “Fartlek” vem do significado sueco “jogo de velocidade” e treino Fartlek é apenas isso – em vez de executar uma determinada distância  num tempo definido, é “brincar” com ritmos diferentes de velocidade e distâncias variadas e permite também uma variedade de técnicas de execução.

Benefícios do treino Fartlek

Veja como o treino Fartlek poderá aumentar a sua aptidão para a uma prova:

  • É um grande teste de força e resistência
  • É ótimo para melhorar a sua velocidade de corrida e corrida tática
  • Há muita flexibilidade no treino para que possa ajustá-lo para o seu nível escolhido. Mantenha-o de baixa intensidade, se está afinando o seu treino ou a recuperar de um evento. Torne-o de alta intensidade, se quiser melhorar a sua velocidade e ritmo
  • Ao invés de um determinado tempo ou distância, o seu corpo é o fator decisivo para que o treino esteja completo. Isso significa que  há menos probabilidade de correr o risco overtraining (excesso de treino)

Exemplos de sessões de treino fartlek

O típico treino fartlek poderia consistir no seguinte: aqueça 10 minutos a um ritmo suave, em seguida, seleciona um marco como uma luz, árvore ou rua e depois corra uma velocidade pré-definida (como 75 por cento da velocidade máxima) até atingir o marco. Ao chegar a esse ponto abrande o ritmo e recupere.

De seguida selecione outro marco mas agora tente aumentar o ritmo (por exemplo, 90 por cento da velocidade máxima). Esta prática de sessão de velocidade intercalada com recuperações lentas isoladas continua até o corredor terminar o treino com as velocidades pré-determinadas.

Se fizer este tipo de treino na rua será fácil ter pontos por onde se guiar, como uma luz, uma árvore, uma casa, seja o que for o que ajude a orientar-se na distância, se o fizer em ginásio, varie o ritmo e a distância, por exemplo, comece com 100M, depois aumente para 200M, insira um pouco de inclinação, ou aumente a velocidade.  Tente programar o que quer fazer antes do seu treino, será mais fácil para se orientar.

Este tipo de treino tem crescido em popularidade nos últimos anos. O benefício do treino fartlek é que o não está correndo contra o relógio ou uma certa distância. Essencialmente, o corredor escolhe  mais ou menos dificuldade consoante o seu objetivo de treino e a sua condição física. Podemos dizer que este tipo de treino è mais «maleável» e »adptável».

Mais directrizes de  sessões de fartlek

Defina um limite de tempo de sessão, como 45 minutos, durante o qual vai tentar cobrir todos os sistemas de energia utilizados pelos corredores de endurance, ou seja, rápido, lento, sprint e endurance.  Para conseguir isso, poderia correr em terreno ondulado ou em um parque, madeira, campo de golfe nas estradas ou sobre as colinas.

Durante o seu percurso, poderia correr 50m acima dos montes, acelerar nas descidas com passos largos e fazer sprints curtos tudo intercalado com um ritmo constante de recuperação.

Embora o objetivo é correr rápido em rajadas curtas, fartlek não é uma forma fácil de treino. A capacidade de trabalhar duro é fundamental, porque nesse ambiente não estruturado de formação, é mais fácil perder uma repetição ou caminhar ou correr. Só tentando «puxar-se» ao limite  é que vai obter o máximo benefício de suas sessões de treino fartlek.

Mais um método de treino no seu «cardápio» que agora pode experimentar.

Votos de otimos treinos e boas sessões de Fartlek.

Raquel Madeira/ Personal Trainer- Agosto 2014 – [email protected]

Facebook: Personal Trainer Raquel Madeira

Bibliografia: realbuzz.com/2014

loading...

2 Responses

  1. Filipe Jorge Silva diz:

    Olá, faço Fartlek pelo menos uma vez por mês, se calhar deveria ser mais, o que esta em causa é que o Fartlek é um tipo de treino que não se deveria fazer sozinho, um grupo de 3 a 4 pessoas seria mais interessante. Quando faço estes treinos e antes de me decidir qual a árvore ou qual o poste já sei o que vou fazer e qual a velocidade, sendo um grupo é diferente, mas o Fartlek é algo que poucos fazem, pelo menos os corredores de pelotão e como tal acabo sempre por fazer sozinho, mas é um treino muito bom e subscreve na integra o que é dito no vosso artigo.

    • Corre Salta Lança diz:

      De fato o Fartlek resulta sempre melhor, e é menos penoso quando se faz acompanhado! Infelizmente muitos ainda não o fazem, logo não tiram o proveito deste tipo de treino que apesar de ser bastante difícil quando é bem executado, é muito bom para se ter uma grande evolução quer ao nível cardiovascular, quer muscular!

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: