Início História do Atletismo

História do Atletismo

Conheça um pouco melhor sobre como surgiu o atletismo atual

A história do atletismo começa há quase três mil anos atrás. É a forma mais antiga de desportos organizados, tratando-se de uma mistura de várias modalidades, que engloba corridas, saltos e lançamentos. Antigamente, estas capacidades físicas, eram ensinadas e valorizadas na arte da guerra e na caça.

Os primeiros jogos de que há registo aconteceram na Grécia em 776 A.C, sendo apenas realizada uma prova de corrida dentro do estádio, em que os corredores usavam o elmo e o escudo (Cidade de Olímpia).                                                                                                         

O número de modalidades e provas foi aumentando, alargando assim a extensão dos Jogos e a sua importância, hoje em dia as três grandes habilidades físicas (correr, saltar, lançar), estão presentes em qualquer modalidade desportiva. O atletismo é uma modalidade de alta competição, que dá um prazer enorme de ver e praticar.

Nos primórdios da modalidade, os corredores, faziam uns orifícios no chão para um melhor impulso no início da corrida. Hoje em dia, os corredores (velocistas) usam os chamados blocos de partida.

Os blocos de partida são um engenho que é colocado na pista na qual é preso, ajudando assim os atletas a terem o tal impulso inicial na corrida. O que os prende à pista são pequenos bicos nas extremidades têm também dois apoios para os pés que estão ligados electronicamente a um aparelho, para detectar se o atleta larga um pé antes do tiro de partida e determinar se o mesmo fez falsa partida.

As provas de atletismo são realizadas dentro de um estádio próprio para a modalidade, composto por uma pista oval com 400 metros de comprimento e com oito corredores individuais, onde se realizam as corridas, as restantes disciplinas (saltos e lançamentos). A competição é feita dentro da pista oval, no relvado, colchões, e caixas de areia próprias para o efeito.

 

No atletismo existem várias disciplinas, tais como: 100 m, 200 m e 400 m; meio fundo – 800 m, 1500 m, 3000 m, 5000 m e 10000m, barreiras; triplo salto; salto em comprimento; salto em altura; lançamento do disco; lançamento do dardo;lançamento do peso; salto à vara; provas combinadas; maratona e estafetas.

Provas de velocidade: (100m, 200m, 400m)

 Os atletas correm individualmente nos seus corredores, e são auxiliados por blocos de partida (ver descrição anterior) no início da corrida para um melhor impulso ao ouvirem o tiro, correndo na máxima velocidade até à meta.

Corridas de meio fundo:( 800m, 1500m, 3000, 5000 e 10000m)

Os atletas nos 800m começam em corredores individuais, sem blocos de partida.  Após o tiro, correm 100m nos seus corredores e posteriormente passam a correr todos no mesmo corredor à chamada (corda), e a restante prova é feita por todos os atletas na pista mais interior, a pista 1. Nas restantes disciplinas (1500m, 3000, 5000, 10000m), os atletas antes do tiro de partida colocam-se atrás da marca na pista, posicionando-se todos lado a lado, após o tiro de partida os atletas correm logo à corda, tentando ganhar posição na pista mais interior, a pista 1.

Provas de barreiras : (100m femininos, 110m masculinos, e400m masculinos e femininos)

Os atletas partem com o apoio dos blocos de partida, realizando toda a prova nos corredores individuais transpondo os obstáculos (barreiras) até ao final da prova, as barreiras para os homens encontram-se a uma altura de 1.06 metros, e para as mulheres a 84 centímetros, nas provas de 110 metros e 100 metros respectivamente. Na prova de 400 metros para os homens as barreiras encontram-se a 91.44 centímetros, e para as mulheres a 76.20 centímetros.

 

Saltos: (comprimento, triplo salto, altura, vara)

No salto em comprimento os atletas fazem a corrida de balanço inicial no corredor individual para o efeito, sendo que a chamada é feita numa tábua de chamada terminando o salto na caixa de areia. a tábua tem uma parte de plasticina  que delimita a zona de chamada dos atletas, os que pisarem a plasticina vêm o seu salto anulado, pelo juiz de chamada da prova, e a saída da caixa de areia tem que ser feita em frente até  ao fim da caixa e nunca pelo lado.

No triplo salto a fase inicial é igual à do salto em comprimento até à chamada. Contudo, nesta disciplina da tábua de chamada até a areia, ainda tem um corredor em tartã com sensivelmente 12 metros, onde os atletas têm que que fazer o chamado (op e step) para concluir o salto para a areia. a saída da caixa  é feita também em frente até ao fim da mesma e não pelo lado.

 

No salto em altura, os atletas fazem uma corrida em círculo até ao colchão, fazendo a chamada com um só pé, transpondo uma fasquia que se encontra suportada por dois postes um de cada lado do colchão, não podendo derrubar a mesma sob pena de ver o seu salto anulado. Os atletas transpõem a fasquia de costas, é a técnica que hoje em dia todos os atletas praticam, mas anteriormente praticavam uma técnica que foi usada durante muitos anos (rolamento ventral), que consistia em passar a fasquia de frente com o peito e não de costas.

Salto com vara, os atletas começam por fazer uma corrida de aproximação ao colchão num corredor individual, chegando ao colchão colocam a vara num pequeno encaixe, a vara dobra propulsionando-os para cima transpondo uma fasquia também suspensa por dois postes, nas extremidades do colchão como no salto em altura, não podem derrubar a fasquia sob pena de o salto ser anulado.

Fabiana Murer

Lançamentos:( peso, disco, martelo e dardo)

 No lançamento do peso os atletas lançam o peso dentro do chamado círculo de lançamento. Este tem uma zona mais elevada que se chama “ antepara “, é a zona limite para os lançadores efectuarem os seus lançamentos. Estes não podem tocar na “ antepara “ caso o façam o seu lançamento é automaticamente nulo, o lançamento é efectuado para um campo relvado no centro da pista oval.

O lançamento do martelo e do disco, é praticamente igual ao lançamento do peso, também efectuado dentro do círculo de lançamento, também tem a “ antepara “, mas tem a particularidade de ter uma rede à volta do círculo para proteger as pessoas que estão perto, caso o lançamento seja mal efectuado e não saia na direcção correta.

O lançamento do martelo e do disco são mais perigosos que o do peso daí ter a rede de protecção, à semelhança do peso não podem tocar na “antepara” caso toquem o lançamento também é anulado.

No lançamento do dardo, os atletas fazem uma corrida de balanço e de aproximação à zona delimitada para o lançamento, num corredor individual que tem uma linha marcada que não pode ser tocada ou ultrapassada, tendo o lançamento que ser feito antes dessa zona limite, caso os atletas toquem ou ultrapassem a linha o seu lançamento é nulo.

As provas combinadas:(heptatlo para as mulheres, decatlo para os homens)

O heptatlo, é composto por um conjunto de 7 provas, que se realizam em 2 dias. Às atletas são atribuídos pontos mediante os resultados obtidos nas 7 provas individuais, ou seja as atletas têm que ter bons resultados individuais para obter o maior numero de pontos possíveis, no final da competição ganha a atleta que tiver somado o maior numero de pontos no conjunto dos dois dias de competição, o objectivo das provas combinadas é coroar o atleta mais completo nas várias disciplinas.

No primeiro dia de competição realizam-se os 100m barreiras, salto em altura, lançamento do peso e os 200 metros.

No segundo dia são feitas as provas de salto em comprimento, lançamento do dardo e para finalizar os 800 metros.

O decatlo para os homens é igual ao pentatlo, só que acrescentam mais três provas, o objectivo é o mesmo, obter bons resultados individuais para somar o maior número de pontos possíveis, ganha a competição quem tiver o maior número de pontos no conjunto final das dez provas.

No primeiro dia de competição as provas são: 100m, salto em comprimento, lançamento do peso, salto em altura, e os 400 metros.

Nosegundo dia são: 110m barreiras, lançamento do disco, salto com vara, lançamento do dardo e os 1500m.

A maratona

É a chamada corrida de fundo, os atletas correm uma distância de 42 km, e é uma das disciplinas mais exigentes do atletismo, provoca um grande desgaste físico e mental aos atletas.

As estafetas: (4x100m e 4x400m)

São as duas únicas disciplinas do atletismo, em que os atletas constituem uma equipa de quatro atletas, com o objectivo de percorrerem um percurso individual passando o testemunho entre si, o atleta do primeiro percurso passa ao do segundo, o do segundo ao terceiro, e assim sucessivamente até os quatro atletas terem completado os seus percursos individuais, ganha a prova a equipa que complete primeiro os quatro percursos.

O testemunho é um tubo oco por dentro, normalmente feito em metal e é extremamente leve pesa apenas 50g, é este tubo que é transportado pelos atletas durante os quatro percursos.

A marcha: (20km femininos, 20km e 50km masculinos)

Será talvez a disciplina do atletismo menos valorizada, mas não deixa de ser muito exigente, os atletas executam uma progressão mais lenta que na corrida, é feita passo a passo. Os atletas têm que manter sempre um dos pés em contacto com o solo, e a perna que está em contacto não pode estar flectida, é uma das disciplinas mais duras e difíceis do atletismo.

Deixei aqui um pequeno resumo do que é o atletismo e a sua história, para os menos conhecedores da modalidade, poderem entender melhor as variadíssimas disciplinas, e terem uma ideia da sua complexidade

loading...