... ...

Correr Faz Mal aos Joelhos? 6 Coisas que os Corredores Devem Saber

Quantas vezes você já ouviu esta celebre frase “ Correr faz mal aos joelhos”, pois é tenho a certeza que muitas vezes! Os seus amigos, familiares e até mesmo colegas de trabalho podem ter esse pensamento e se calhar tentam mesmo dissuadi-lo(a) a não começar a correr, ou até mesmo a deixar de correr.

crioterapia

Apesar das suas boas intenções são frases e pensamentos de quem obviamente está muito mal informado sobre o assunto. Não há nenhuma evidência nem estudos publicados que comprovem a teoria dos menos informados! Obviamente que não quero dizer com isto que não terá problemas de joelhos ao praticar corrida, poderá ter problemas de joelhos mas esses problemas são o resultado de coisas que estão acontecendo em outras partes do corpo. Problemas que podem ser resolvidos com algumas mudanças!

6 Coisas que deve saber sobre os joelhos!

1 – Os corredores não têm arterite nos joelhos mais frequentemente do que os não corredores.

Isto são factos comprovados, vários estudos foram realizados e revelaram que os corredores têm menos problemas de osteoartrite do joelho. Um estudo que acompanhou os corredores e não corredores por 18 anos descobriu que, no grupo dos corredores 20% desenvolveu arterite durante esse tempo, no grupo dos não corredores a percentagem subiu ligeiramente, foi para os 32%.

Outro estudo que visou corredores e caminhantes, revelou que os corredores regulares tinham cerca de metade da taxa de arterite, que os caminhantes regulares. Foi realizado também um estudo que revelou que os corredores com mais Km nas pernas, tinham uma menor taxa de arterite.

2 – A descrição acima é verdade independentemente da sua idade.

Alguns médicos especialistas disseram que a perda de cartilagem, incluindo nos joelhos, é uma parte natural do envelhecimento. Mas não há nenhuma evidência de que a corrida acelera essa perda. Um estudo demostrou que algumas pessoas em risco de contrair arterite começaram a fazer um programa de treino de corrida moderado, e a saúde das suas cartilagens melhorou. Enquanto que a cartilagem de um grupo de pessoas semelhantes que não começaram a correr não melhorou.

3 – Os suplementos não ajudam na regeneração da cartilagem.

Isto são factos comprovados, vários estudos foram realizados e revelaram que os corredores têm menos problemas de osteoartrite do joelho.
Apesar dos anúncios publicitários a toma de suplementos não trás grandes melhorias, ainda não há provas que aumentem a cartilagem dos joelhos! Um dos mais populares a glucosamina, pode ajudar a combater a osteoartrite do joelho protegendo a cartilagem articular, que entre outras funções ajuda a lubrificar a articulação do joelho. Um estudo que analisou a suplementação de vitamina D em pessoas que tinham arterite do joelho, descobriu que tinham os mesmos níveis de dor e perda de cartilagem após dois anos, tal como as pessoas com arterite que não tomaram vitamina D.

4 – A lesão mais conhecida como joelho do corredor é provocada por problemas em outros lugares.

A lesão no joelho mais comum entre os corredores é joelho do corredor. Conhecida clinicamente como condromalácia patelar ou síndrome de dor patellafemoral, é a inflamação da cartilagem sob a rótula. Há um consenso crescente entre os profissionais de medicina desportiva, que dizem que as pessoas que têm este tipo de lesão têm pequenos problemas comuns ao nível biomecânico. Estes incluem ancas e glúteos fracos, que introduzem instabilidade ainda mais para baixo das pernas, quadríceps fracos que podem impedir um correto funcionamento das rótulas. Um programa de fortalecimento adequado, pode ajudar a resolver este tipo de problemas e prevenir lesões.

Pode ver de seguida um vídeo, onde pode aprender um pouco mais sobre o fortalecimento dos joelhos!

5 – Existem algumas maneiras muito simples de manter os joelhos saudáveis!

Como já foi referido em cima, ter umas pernas e um centro de gravidade fraco contribui e muito para as lesões nos joelhos. Por esse motivo Lesoes nos joelhosfortaleça-os! O peso extra coloca uma tremenda pressão sobre os joelhos. O American College of Sports Medicine, disse que cada quilo adicional de massa corporal coloca quatro quilos extra de stress sobre o joelho. Pensa-se que o fator peso é fundamental para os corredores não terem lesões nos joelhos. Os corredores que mantêm o seu peso corporal baixo ao longo dos anos tendo pouca variação, têm menos propensão de ter arterites nos joelhos.

6 – Correr em terreno plano para diminuir o torque nos joelhos.

Se por acaso é uma daquelas pessoas que têm um historial de dor nos joelhos, incluindo de acidentes fora do desporto, ou mesmo de praticar outros desportos que não a corrida, considere correr mais vezes em terrenos planos! A corrida em terrenos irregulares e muito duros obrigam-no a correr mais em esforço, a corrida em terrenos planos diminui o torque dos joelhos evitando a sobrecarga nas articulações!

Pode ver também um artigo já publicado aqui no blog, em como pode fortalecer os seus joelhos para evitar lesões!

Fonte: runnersworld.com

loading...

2 Responses

  1. Joaquim Pereira diz:

    Parabéns gostei de ler o que está aqui escrito!!!

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: