Início À conversa com Sara Moreira

Sara Moreira

Entrevista à Sara Moreira

Caros leitores!

Desta vez a minha entrevistada é a Sara Moreira, uma das melhores fundistas nacionais da actualidade, a Sara Moreira na pequena entrevista que concedeu aqui para o Corre Salta Lança, revelou alguns pormenores de como começou no atletismo, de como tem gerido a sua carreira de sucesso, das suas ambições, e muitas outras coisas mais, que poderão ler na entrevista que se segue.

Sara Moreira
Sara Moreira

C.S.L – Comecemos pelo princípio, como começou a tua paixão pelo Atletismo, quem foi ou foram os principais responsáveis pelo teu começo na modalidade, e qual foi o teu primeiro clube? 

S.M –  A paixão pelo atletismo cresceu comigo, quando me iniciei com 8 anos não pensava algum dia ser atleta que sou hoje e gostar tanto daquilo que faço, penso que houveram alguns responsáveis, inicialmente aqueles que me cativaram para a modalidade e com o tempo pessoas incríveis que se cruzaram no meu caminho e me fizeram acreditar em mim e nas minhas capacidades. O meu primeiro clube foi o Núcleo de Atletismo de Roriz. 

C.S.L – Começaste logo pelas disciplinas mais longas, ou ainda experimentas-te outras como é normal nos jovens que se iniciam na modalidade? 

S.M –  Comecei pelo corta-mato escolar e nunca experimentei mais nada. Passei logo a fazer corridas de estrada e ainda muito pequena a fazer provas de pista na vertente do meio-fundo. 

C.S.L – Muitos atletas nos escalões mais jovens mostram grande potencial, mas depois sentem muita dificuldade na transição para o escalão sénior, e muitos até não conseguem evoluir muito mais, também sentiste essa dificuldade? 

 S.M – Desde que me iniciei sempre mostrei grandes potencialidades, consegui bons resultados nas camadas jovens, mais tarde entrei na faculdade e isso coincidiu também com a passagem ao escalão de sénior, a verdade é que nessa altura optei pelos estudos por vários factores e entre eles a dificuldade que também senti em me afirmar, é uma altura muito difícil. Felizmente comecei a namorar com o Pedro que me ajudou e me fez ver que com as minhas qualidades se treinasse poderia conseguir bons resultados e assim foi. 

Sara Moreira medalha de Bronze
Sara Moreira nomeada para melhor atleta Europeia de Dezembro 2012

C.S.L –  Não são muitos os atletas em Portugal que se tornam profissionais, e conseguem viver do atletismo por variadíssimas razões, quando foi que percebeste que o atletismo era o que querias fazer na vida?

S.M – Foi algo que aconteceu naturalmente, depois de uma breve paragem para estudar, comecei a treinar e os resultados começaram a surgir, nesse mesmo ano tive a sorte de ter um clube que foi o Maratona Clube de Portugal que decidiu apostar em mim e me deram a estabilidade que precisava para fazer do atletismo a minha vida.

C.S.L –  Portugal é um país onde a mentalidade é maioritariamente virada para o futebol, o que achas que seria preciso mudar para o Atletismo passar a ter outra visibilidade e mais apoios?

S.M – Na minha opinião é uma questão de mentalidade desportiva do país, todas as pessoas percebem de futebol, discutem e muito poucas se preocupam em perceber de atletismo ou de outras modalidades, isso é algo que acontece desde muito cedo até com professores de Educação Física que não percebem e consequentemente não transmitem o gosto pela modalidade aos alunos. 

C.S.L – Atualmente o meio fundo e fundo é dominado pelos atletas Africanos, sendo quase “impossível” ao restantes atletas conseguirem pódios internacionais, também sentes isso mesmo ou achas que os atletas Europeus são capazes de “ombrear” com os Africanos?

S.M – A realidade é que os africanos são de facto superiores, vemos isso nas marcas que alcançam e que os europeus poucas vezes se aproximam, no entanto eu acredito que com muito trabalho e ainda mais dedicação apesar de difícil continuará a ser possível nós lutarmos por grandes resultados. Nenhum atleta é imbatível e isso está provado.

C.S.L – Tens tido uma carreira brilhante até ao momento e cheia de sucesso, mas recentemente tiveste um período menos bom aquando da suspensão das competições, devido a um alegado caso de doping, como é que viveste esse período menos bom e quem mais te deu forças para o ultrapassar?

S.M – Foi uma fase muito difícil da minha vida, uma vez que fui apanhada desprevenida, não imaginava que simples suplementos me pudessem trazer problemas com o doping. Cometi um erro e embora inocente paguei pelo erro portanto passei uma esponja e hoje sou a mesma atleta, com mais vontade de treinar e conseguir bons resultados. O Pedro (meu marido e treinador), a família mais próximas e alguns amigos deram-me a força e o ânimo que precisei para encarar o problema e ultrapassa-lo. Hoje sou mais forte. 

Sara Moreira
Sara Moreira

C.S.L – Estiveste presente nos Jogos Olímpicos em Londres, o que é que de melhor e de pior retiras em termos da tua experiência Olímpica? 

S.M – Londres foram os meus segundos Jogos Olímpicos, tinha estado presente em Pequim 2008. E de Pequim retirei excelentes conclusões, fez-me ver o desporto de outra forma e perceber que realmente era o atletismo que queria para a minha vida. 

C.S.L – No teu palmarés contas já com vários títulos nacionais, foste medalhada em Campeonatos da Europa, e em outras competições internacionais, sendo uma atleta ainda jovem e com vários anos pela frente ainda ao mais alto nível, quais são os teus objectivos a curto e longo prazo?

S.M – Acima de tudo quero continuar a ter saúde para poder continuar a trabalhar e a conquistar bons resultados para mim e para Portugal. Os objectivos passam essencialmente pelas provas do meu clube e pelos grandes campeonatos internacionais onde espero estar entre as melhores. 

C.S.L– Para finalizar, se alguém te desse poderes mágicos e pudesses mudar alguma coisa no mundo o que mudarias?

 S.M – A nível desportivo mudava o apoio a todas as modalidades amadoras, as pessoas perceberem o que é preciso trabalhar para atingir os patamares em que estão alguns dos nossos atletas. A nível pessoal acabaria com a guerra e com a fome no Mundo. 

Antes de mais quero agradecer à Sara Moreira, por ter disponibilizado um pouco do seu tempo, para ter esta pequena conversa com o Corre Salta Lança! Quero também lhe desejar toda a sorte do mundo para a sua brilhante carreira até ao momento, espero que esta seja apenas a primeira conversa de muitas que teremos, para falar dos seus sucessos futuros!

loading...