Início Dicas 7 Dicas Para Correr em Estrada Sem Riscos e Tirar Melhor Rendimento!

7 Dicas Para Correr em Estrada Sem Riscos e Tirar Melhor Rendimento!

67
5
COMPARTILHE

Correr na rua acarreta riscos, como tal conheça sete conselhos para tirar melhor rendimento da sua corrida e correr de forma mais segura.

Correr em estrada
Correr em estrada

Hoje em dia já são muitos aqueles que optam por fazer exercício na rua, e “dar umas corridinhas” é uma expressão bem popular que o corredor casual usa, mesmo os atletas de fundo e meio fundo optam muitas vezes por correr na rua ou em parques da cidade. Já estamos quase no fim do verão mas o tempo ainda convida a dar as tais “corridinhas”, como tal e por experiência própria sei que muitos de vocês por vezes não tomam atenção a alguns pormenores de grande importância para quem corre na estrada.

Correr ao ar livre é sempre melhor que nas passadeiras dos ginásios, até porque ao ar livre temos sempre paisagens diferentes podemos escolher o nosso percurso etc, eu pessoalmente já corri muito na rua e nas passadeiras do ginásio e digo-vos que prefiro mil vezes correr na rua. Mas temos que ter em conta os riscos que a corrida na rua acarreta, sim porque engane-se quem pensa que é só ir para estrada e já está.

7 Dicas Para Correr em Estrada Sem Riscos

Vou-vos deixar 7 conselhos fundamentais para quem corre na rua, quem já o faz há muito tempo provavelmente já tem em consideração estes fatores mas é sempre bom relembrar, quem corre na rua ocasionalmente deve ter em conta os seguintes fatores para correr de forma mais correta e evitar algumas lesões tais como: a canelite, fascite plantar, fratura por stress, etc.

  • Tenha em consideração o piso onde vai correr
  • Evite locais com muito movimento
  • Tenha em atenção o trânsito
  • Tenha em atenção os treinos em zonas montanhosas
  • Inclua subidas e descidas no seu percurso
  • Tenha em atenção os obstáculos na estrada
  • Ouvir música pode ser prejudicial

Asfalto, terra batida, relva ou areia são obviamente tipos de pisos muitos distintos onde é preciso ter alguns cuidados a ter, a relva e a terra batida são dois tipos de pisos menos duros que absorvem o impacto e são ideais para treinos mais contínuos. Já o asfalto é um piso mais duro e é ideal para treinos de curta duração e mais intensos, outra opção é correr na areia, um tipo de piso ao qual já tive a oportunidade de escrever um artigo aqui no site dando vários conselhos para quem corre em areia.

A intensidade e a velocidade da corrida são fatores fundamentais para que o treino resulte, e correr num sítio onde isso é posto em causa é muito mau para o vosso desempenho, desviar de pessoas ou ter que travar o vosso ritmo bruscamente pode levar a lesões. Correr em sítios calmos e pouco movimentados é o ideal para evitar este tipo de preocupação e lesões.

Obviamente que é preferível correr em sítios com árvores, tais como parques da cidade que são locais menos poluídos e para o vosso treino é o ideal. Já correr na rua em sítios com muito trânsito é prejudicial ao vosso treino pois a poluição dos carros dificulta a respiração e é muito mau para o vosso desempenho, por isso se puderem escolham sítios arborizados se não for possível é preferível treinarem mesmo assim em sítios com transito, é preferível treinar que ficar em casa.

Correr em subida
Correr em subida

Treinar em sítios altos tais como montes e vales têm uma circulação de ar e humidade muito reduzida, o que para quem corre ocasionalmente numa fase inicial dificulta o vosso rendimento, por outro lado este tipo de local estimula o aumento das células de nome “hemácias” que são as responsáveis pelo transporte de oxigénio aumentando a eficiência do vosso treino. Esta é uma adaptação que o vosso corpo irá fazer a médio e longo prazo, segundo os especialistas correr esporadicamente nestes locais é prejudicial ao vosso rendimento.

Ao planearem o vosso percurso considerem incluir subidas, descidas e até mesmo escadas, ao correr em subidas, descidas e em escadas os vossos músculos têm um gasto energético maior, as pernas ficam mais fortes, as passadas mais firmes e a movimentação dos braços mais coordenada. Mas evitem descidas muito acentuadas pois irá sobrecarregar os vossos músculos e articulações podendo provocar lesões.

Quando forem para a estrada correr tenham em atenção o tipo de distrações que esta vos pode levar a ter, a quantidade de semáforos, se tem muitos ou poucos buracos, enfim todos os obstáculos urbanos que elas poderão ter que são um empecilho para as quebras de ritmo que são prejudiciais ao vosso treino, para não falar dos buracos que vos podem a levar a torcer um pé ou vos provocar uma queda. Enfim tentem escolher um trajeto o menos acidentado possível e que não vos leve a quebrar o ritmo muitas vezes.

Hoje em dia é muito usual vermos na rua, nas marginais, e em outros locais corredores com os auriculares nos ouvidos a ouvir a sua música preferida enquanto dá a “corridinha”, mas atenção que isto também é um grande fator de distração para os corredores. Eu também o faço pois gosto de correr a ouvir musica mas tenham em atenção que se correrem a ouvir musica os vossos sentidos vão ficar menos apurados, pelo menos a vossa audição vai ficar muito reduzida fazendo com que vocês fiquem menos alerta para os perigos urbanos, se correrem em parques da cidade este perigo não é tão grande, mas se correrem na rua com os auriculares não vão ouvir os carros, o que obviamente é muito perigoso para vocês. Por isso corram apenas com um auricular posto no ouvido, pois assim estão a ouvir musica e também ficam com a audição mais apurada para os tais perigos urbanos, ao fim de algum tempo de corrida troquem o auricular de ouvido, se correrem durante muito tempo façam isso sucessivamente. Se trocarem o auricular com frequência os vossos ouvidos não serão sobrecarregados.

Espero que estes conselhos vos sejam úteis para correrem de uma forma mais segura, e tirarem um melhor rendimento desportivo do vosso treino.

loading...

5 COMENTÁRIOS

  1. Boas dicas 😉

    Sem dúvida que os auriculares são um perigo para quem corre na estrada. Eu já passei por essa experiência e não recomendo a ninguém. Não ouvimos o barulho dos carros e estamos mais sujeitos a esse tipo de perigos.

    Muitas vezes eu sei que tenho que me desviar de um carro ou uma outra coisa porque ouço o barulho do carro. Isso é fundamental e eu não recomendo ninguém ir para a estrada de fones nos ouvidos.

    Se for para um parque ou zona sem trânsito, aí a história é bem diferente 😉

    Abraço

    • É bem verdade, deixei este conselho de não utilizar os auriculares porque também por experiência própria sei que são um perigo para quem corre na estrada!

    • Desde já obrigado Jorge pelo seu comentário!
      Este artigo visa dar algumas dicas que muitos dos corredores até já as sabem mas não lhes dão grande importância, sensibilizar os corredores para os perigos de correr em estrada nunca é demais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here